Uma garota dada como morta, passou dez anos em cibercafés

O curioso (ou bizarro) cazo aconteceu na China, onde uma mulherchamada, Xiaoyun, agora com 24 anos, desapareceu depois de uma discussão com o pai e nunca mais foi vista.

Em 2005, depois de uma briga com seu pai por não dar dinheiro à adolescente, Xiaoyun decidiu fugir de casa, e desde então tem trabalhado em vários cibercafés, até que começou a ser paga para jogar Cross Fire, game em que a chinesa era muito boa e reconhecida, tanto é que certos jogadores lhe pediam para Xiaoyun jogar por eles.

playstation-china-xbox-one-game-squad-cyber-café-sony-microsoft-wii-u

O tempo foi passando, e é claro que os pais ficaram preocupados, e depois de muita procura o caso chegou a tomar proporções mais graves, onde os pais da garota presumissem que a filha estaria morta, uma vez que nunca mais receberam notícias da jovem. A mãe nunca trocou de endereço, na esperança que um dia a filha a reaparecesse.

Tempos depois, a jovem decidiu adicionar a mãe na aplicação “WeChat,” tendo conversado com ela, mas Xiaoyun nunca deixou ser encontrada pela família.

playstation-china-xbox-one-game-squad-cyber-café-sony-microsoft-wii-u

A polícia, depois de consultar o banco de dados de pessoas desaparecidas, percebeu que combinava com as descrições de uma mulher de Dongyang, uma cidade próxima de Hangzhou, cidade onde se situa o cibercafé em que Xiaoyun trabalhava.

Depois de ser “encontrada” a jovem prestou declarações ao Daily Mail, dizendo:

“Já tinha fugido de casa antes e, naquela época, quando pedi algum dinheiro ao meu pai, ele me disse que não iria me dar. Então decidi fugir de vez.”

Xiaoyun viveu durante estes 10 anos em vários lugares, como Jiangxi, Jinhua e Hangzhou. Na maior parte das vezes, passou a noite nos vários cafés onde trabalhou, e outras em praças públicas.

Em entrevista a mãe disse, que a garota sempre teve um temperamento difícil e um carácter muito forte, acrescentando: “Já a repreendi antes, mas depois de 10 anos, ela já é uma adulta. Não tem mais o que dizer agora.”

Já o governo Chinês não perdoa, e o castigo para a hoje mulher, será uma multa de cerca de R$590,00 por ter usado uma identidade falsa durante todos estes anos.

Fonte: Daily Mail

Siga o Game Squad nas Redes Sociais:

http://www.facebook.com/superbitworld Facebook
https://www.twitter.com/sbwyuri Twitter
https://plus.google.com/111045897833203964475 Google+
Uiconstock-Socialmedia-InstagramUiconstock-Socialmedia-InstagramInstagram_logo-2Instagram