Ser um apaixonado por games no Brasil está cada vez mais complicado!

Quinta feira dia 08 de Outubro de 2015, estou eu aqui vasculhando a grande rede por notícias frescas sobre o mundo dos vídeo games. Tudo normal! Até que me deparo com a seguinte matéria “Sony confirma queda de preço do Playstation 4 na América do Norte” . Fico curioso para ler e clico:

A Sony anunciou que o PlayStation 4 receberá um corte no preço na América do Norte já a partir de amanhã, 9 de outubro.

O novo preço prevê um corte de $50, ficando assim disponível por USD 349.99 (EUA)  / $429.99 CAD (Canada). Este corte será aplicado a todos os bundles que serão lançados durante a época do natal.

image

Poxa, estão reduzindo o valor do Playstation 4 lá na terra do tio Sam e em contra partida, estão aumentando o preço do Xbox One aqui no Brasil em quase 500 dilmas.

OK. Fico puto por alguns segundos, e continuo minha pesquisa diária por notícias do seguimento. Folheando mais algumas matérias me deparo com mais uma que me chama a atenção. “SP passa a cobrar impostos de games baixados na internet”. Fico puto por mais uma vez e penso comigo mesmo “Onde será que vamos parar”. OK, saiu mais uma vez da triste notícia para nós gamers e continuo minha pesquisa por informações. Eis que novamente encontro algo que me toma a atenção:  “Need for Speed e Star Wars entram em pré-venda por R$ 300”.

Tiro a mão do mouse e teclado, coloco elas sobre a cabeça, fico ali no site,  parado por um instante, pensando e sei que certamente alguns pensarão como eu. Chego na seguinte conclusão:

O BRASIL VAI NA CONTRA MÃO DO MUNDO! Tudo aqui é pior, mais complicado, mais caro, mais difícil… QUE PORRA!

Ai vem os “pseudos intelectuais” querendo dar uma de “politicamente correto”, dizer que: Ahhh olha ai, com o que se importa a classe média “branca”, bando de playboyzinhos se importando com vídeo games. E blá blá blá… Isso é gente do pior tipo, gente que ou está mamando/roubando ás custas do povo, ou é BURRA mesmo.

Cara, se você trabalha o dia inteiro como um FDP e tem como hobby os games por exemplo, esqueça, por que na cabeça dessas mentes brilhantes, vídeo game é coisa para milionário! O cidadão trabalhador de bem, não pode desfrutar da jogatina e se mesmo assim consegue comprar, pagar em mil prestações, e reclamar desse absurdo, é tachado de “esquerda caviar” e não sei mais o que.

Eu quero realmente acreditar que algo de errado está acontecendo, que isso faz parte da “crise”. Se tudo isso realmente vier a acontecer, o gamer brasileiro, aquele mesmo, que é o atual 3º maior consumidor do mundo, será friamente castigado, vendo seu acesso a jogos e consoles praticamente extinto.

Siga o Game Squad nas Redes Sociais:

http://www.facebook.com/superbitworld Facebook
https://www.twitter.com/sbwyuri Twitter
https://plus.google.com/111045897833203964475 Google+
Uiconstock-Socialmedia-InstagramUiconstock-Socialmedia-InstagramInstagram_logo-2Instagram