G-Switch 3 – Diferencial é a palavra de ordem!

O G-Switch 3 é, como o nome sugere, o terceiro título da série de corrida infinita iniciada em 2010. Disponível para browsers através da Poki, ele tem como diferencial a utilização das leis da gravidade, onde é necessário apertar apenas um botão para que o personagem “voe” para o teto e faça-o virar chão e vice-versa.

Atingindo jogadores tanto novatos quanto os mais experientes, a ideia é simplória: superar os obstáculos e chegar até o final da fase. A medida que você vai conseguindo prosseguir na fase sem morrer, o personagem vai ficando cada vez mais rápido, o que aumenta progressivamente o nível de dificuldade, resultando em algo bem desafiador durante a reta final das fases.

Se houver muitas mortes na parte referente ao checkpoint, o jogo pergunta se você gostaria de ativar uma câmera lenta ao assistir um vídeo. Chegando ao final, você verá uma cena com diálogos, contando um pouco da história do jogo, e passa para a próxima é dividida em três mundos.

É possível destravar personagens ao coletar umas espécies de globos espalhados pelas fases que não são necessariamente secretos, mas que demandam alguma habilidade para alcançá-los. Apesar de serem apenas variações cosméticas do protagonista, promovem variedade e longevidade ao gameplay.

Por falar em longevidade, há um modo de corrida infinita que segue os moldes mais tradicionais do gênero, onde você, literalmente, corre até você sair do jogo ou então morrer. Nesse modo, os obstáculos vão ficando cada vez mais frequentes e desafiadores quanto mais longe você for.

Outro ponto de destaque são os gráficos, com animações muito bem feitas e visuais ricos em detalhes, combinando também com a temática futurista proposta no título. A trilha sonora também cai perfeitamente com a ambientação, apostando em músicas eletrônica que são bem viciantes.

Há também um modo multiplayer local em que o objetivo é ver quem chegará mais longe na fase. Nesse modo, até quatro jogadores podem disputar.

O interessante é que o G-Switch 3 teria tudo para ser mais um jogo de corrida infinita, mas acaba se destacando pelos seus diferenciais. Há a possibilidade de passar de fase, acompanhar uma história, brincar com as leis da gravidade, além da temática futurista junto com os bons visuais tornam este um jogo obrigatório para aqueles que curtem o gênero.